Os perigos do chocolate para os gatos

Quem nunca se deparou com o gatinho olhando com aquela carinha de pidão, quando estamos comendo uma barra de chocolate, ou um pedaço de bolo?

Mas, temos que ser fortes, e não ceder àqueles olhinhos pedintes, pois o hábito de compartilhar os alimentos com seu gatinho pode oferecer grandes riscos a saúde dele, principalmente quando falamos de doces, e em especial o chocolate.

Os doces além serem muito calóricos, podem deixar o gatinho obeso, com diabetes ou causar muitas cáries.

 

 

O chocolate

O chocolate possui uma substância tóxica para os animais: a teobromina, um alcaloide encontrado no cacau, primo da cafeína. Com efeitos diuréticos, vasodilatador e estimulante do sistema nervoso central e do coração. Que em quantidades maiores que 100 mg pode causar reações diversas como alergias, alterações cardíacas, convulsões, tremores e até levar a morte.

Nos chocolates brancos, apesar do baixo teor de teobromina, há altos índices de gordura da manteiga do cacau, que faz mal ao pâncreas.

Os chocolates amargos e em pó são os que contêm um teor mais alto de teobromina.

 

Sintoma da Intoxicação

Os sintomas de intoxicação podem aparecer seis horas após a ingestão, são eles: Excitação, muita sede, taquicardia, vômitos, diarreia, inchaço na barriga, aumento da temperatura e perda da coordenação motora. Em casos graves há aumento dos batimentos cardíacos e respiratórios e coma até levar a morte.

 

Desintoxicação

Caso seu gatinho tenha comido doce acidentalmente e apresente algum dos sintomas, leve-o imediatamente a um médico veterinário.

Os procedimentos para desintoxicação vão depender da condição do felino e podem variar entre lavagens gástricas, fluidoterapia, estabilização da função cardíaca, entre outros.

 

IMPORTANTE

Todo o cuidado é pouco na hora de guardar alimentos ou deixar recipientes com resíduos em cima da pia ou mesa. Fique atento e não coloque a vida de seu gatinho em risco.

No Comments Yet.

Leave a comment